Buscar
  • Marcela Picanço

Estar vivo vale a pena



Todo dia de manhã eu falo em voz alta coisas incríveis pra mim e sobre mim, mesmo naqueles dias em que eu não estou acreditando tanto. No final das afirmações eu já me sinto melhor. É uma reprogramação mental.


E eu começo agradecendo por existir, por ter a oportunidade de vivenciar a vida através dos meus sentidos.


Por sentir que eu sou consciência pura experimentando o mundo como um parque de sensações.


Agradeço por poder sentir amor e conseguir transferir esse amor através de um abraço. Por eu poder dançar e vibrar.


Por eu poder ver o céu mudando de cor ao longo do dia. Por eu poder escutar uma música que eu gosto e me transformar.


Por conseguir sentir cheiro de café e me teletransportar. Por eu poder sentir o gosto da minha comida preferida e relaxar.


Por eu poder criar, imaginar, inventar.


Então começo o dia lembrando que já tenho motivo suficiente pra achar que a vida valer a pena.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A resposta que eu procurava

Eu sempre tive muito medo da vida real. Tinha medo de não conseguir me sustentar sozinha no Rio, tinha medo de viver uma vida vazia, de não conseguir me encontrar, de não ser capaz, de decepcionar. Le